terça-feira, 18 de novembro de 2014

Dia Europeu do Antibiótico

No dia 18 de Novembro celebra-se O Dia Europeu dos Antibióticos. Este dia tem por objetivo proporcionar uma oportunidade de sensibilização do público em relação aos riscos para a saúde pública decorrentes da utilização inadequada e excessiva de antibióticos e da consequente emergência de resistência microbiana aos antibióticos. Os dados mais recentes confirmam que, na União Europeia, o número de doentes infetados com bactérias resistentes aos antibióticos está a aumentar, sendo este facto uma importante ameaça para a saúde pública. O uso responsável de antibióticos pode ajudar a evitar o desenvolvimento de bactérias resistentes e a preservar a eficácia dos antibióticos para as gerações futuras.
A turma do 9ºP comemorou esta data realizando alguns trabalhos na disciplina de Ciências Naturais...
video





video

video

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Dia da Alimentação no Agrupamento Espamol

Algumas das atividades realizadas com os nossos alunos para comemorar o dia Mundial da Alimentação...

Palestras sobre Alimentação - 1º ciclo

A UCCD'Alagoa, foi falar sobre a temática da "Alimentação" aos nossos alunos do 1º ciclo...

À equipa da UCCD'Alagoa obrigada pelo empenho, carinho e dedicação!

Atividades de Educação para a Saúde

Os alunos do 3º ano, da Escola E.B.1 de Lagoa, realizaram algumas atividades promotoras de Saúde...

Obesidade- trabalho do 9ºD

A professora Paula Rodrigues, com a turma do 9ºD, na disciplina de Inglês trabalhou a temática da obesidade...
Aqui está o trabalho realizado pelos alunos

sexta-feira, 7 de março de 2014

Carta dirigida a Encarregados de Educação

Comemorou-se, no passado dia 16 de Outubro, o Dia Mundial da Alimentação. Os alunos do Agrupamento de Escolas Padre António Martins de Oliveira realizaram algumas atividades no sentido de comemorar esta efeméride. Uma das atividades consistiu na elaboração de uma carta, com a colaboração dos docentes que lecionam as aulas de Oferta Complementar do 6º Ano, alusiva à temática “A alimentação saudável na Adolescência”. O objetivo deste trabalho era alertar os encarregados de educação/pais, bem como a comunidade escolar e envolvente, sensibilizando para a importância de uma Prática Alimentar Saudável. Resultou, como produto final, a carta que se segue: "Lagoa, 5 de dezembro de 2013
Exmº Sr. Encarregado de Educação
Venho por este meio dar-lhe a conhecer a preocupação, da nossa escola, com a alimentação dos nossos alunos. A alimentação é uma constante na nossa rotina diária. Seja para obter um estilo de vida mais saudável, seja para perder peso, melhorar a saúde ou, simplesmente, satisfazer uma necessidade fisiológica, comer é sempre bom. Os alimentos que ingerimos têm uma influência muito grande no nosso corpo, sendo que muitas das substâncias nele contidas ajudam a prevenir diversas doenças. A boa alimentação é um dos principais elementos da promoção da saúde. Uma má alimentação poder levar a atrasos no crescimento, perda de forças, descalcificação, anemia, entre outras enfermidades. Atenção que uma alimentação demasiado rica em determinados nutrientes, quando em excesso, também gera problemas! Alimentação saudável é um hábito que precisa estar presente no dia-a-dia das famílias. Uma mesa variada, com a presença de legumes e verduras, pode evitar doenças e prevenir outras. Os primeiros sinais de uma má alimentação refletem-se, em primeiro lugar, no cérebro, motivo pelo qual o desempenho de alguns estudantes é enormemente prejudicado. Como órgão mais nobre do corpo, ele é o mais suscetível à falta de nutrientes e o primeiro a sofrer, surgindo problemas tal como cansaço, problemas de atenção e concentração, que se refletem em dificuldade na retenção e apreensão da informação. É necessário promover uma reeducação alimentar fazendo o possível para reverter hábitos alimentares incorretos. A participação da família, aliada ao trabalho desenvolvido nas escolas, é de vital importância para que se possa desenvolver uma nova geração de pessoas saudáveis e dispostas a construir a cada dia uma sociedade melhor. Assim, pretendemos relembrar a importância de se conhecer e interpretar corretamente a roda dos alimentos para que as refeições da sua família a respeitem. Como é do conhecimento geral é fundamental ter uma alimentação saudável, especialmente nas idades de crescimento. A nossa escola, E.B. 2/3 Jacinto Correia, organizou uma campanha informativa e de sensibilização para a prática de uma alimentação equilibrada. No refeitório da escola as refeições são sempre acompanhadas de diferentes tipos de legumes e/ou saladas, devendo iniciar com a ingestão da sopa, sempre presente na cantina escolar. No bufete da escola também houve o cuidado de retirar de venda alguns alimentos menos saudáveis. Para que a campanha funcione é necessário a colaboração de todos. Escola e encarregados de educação deverão proporcionar uma alimentação cuidada, balanceada e saudável, incentivando ao consumo da sopa, salada e fruta. Devemos ingerir maior quantidade de alimentos que ocupam os sectores maiores na roda dos alimentos: cereais e derivados, tubérculos, hortícolas, fruta, lacticínios. Por outro lado devemos ingerir menos quantidade de gorduras, carne, pescado, ovos. É de extrema importância a ingestão diária de água. Apresentamos algumas regras básicas a ter em consideração numa prática alimentar saudável: -deverão ser feitas, no mínimo, 5 refeições diárias; -o pequeno-almoço deve ser a primeira, e principal, refeição do dia; -devemos evitar o consumo de alimentos doces, salgados, ricos em gordura e de refrigerantes; -não devemos passar mais de 3 horas sem comer; -devemos aumentar o consumo de lacticínios. Estes são uma boa fonte de proteínas, cálcio, vitamina A e B, contribuindo para a saúde dos ossos e dentes; -devemos aumentar o consumo de fruta e hortícolas; -devemos procurar consumir mais peixe do que carne; -devemos variar o mais possível a escolha dos alimentos, dentro de cada grupo alimentar. Não devemos esquecer que, associado a uma prática alimentar saudável, deverá estar a prática moderada de exercício físico. Numa altura em que a fome em todo o mundo é cada vez maior, queríamos também alertar para que não desperdice comida. Existem várias receitas sobre o reaproveitamento de alimentos… Mantenha uma alimentação variada, saudável. Alerte o seu educando para esta regra. Certifique-se que ele a cumpre… Seja capaz!
Carta elaborada por alunos do 6ºano, turmas D e E "
Muito obrigada aos alunos das turmas D e E do 6º ano, pelo empenho demonstrado. Um agradecimento especial à docente Maria Estevão, que orientou esta atividade. Parabéns pelo trabalho!